Metas 2017-18

No seu discurso de encerramento da Convenção Internacional de Atlanta, ainda como presidente eleito, Ian Riseley apresentou as prioridades estratégicas para 2017-18. São elas:

  1. Fortalecer e apoiar os Rotary Clubs: ferramentas ágeis e fáceis de usar; clubes fortes começam com seus associados. Quanto maior a diversidade em um clube melhor ele será. Refletirá melhor nossas comunidades.
    Mulheres – precisamos equilibrar o número de homens e mulheres em nossos clubes.
    Juventude – outro segmento a ser melhor representado em nossos clubes. Somente assim teremos futuro.
  2. Enfoque e a expansão dos serviços humanitários.
    Polio – sua erradicação é nossa maior prioridade até finalizarmos o nosso trabalho. Não podemos e não vamos falhar.
  3. Aumentar nossa projeção através da imagem pública. Precisamos mostrar o impacto que causamos.
  4. Mensurar nossas ações. Neste ano, Ian Riseley pede aos clubes que enviem seus números para ele. O valor colocado em serviços humanitários e horas de trabalho disponibilizadas pelos rotarianos e clubes nesses serviços.
  5. Conscientização ambiental. Plantar pelo menos uma árvore para cada associado. O Rotary não pode deixar de se envolver com questões ligadas ao ambiente. Vamos fazer o que sempre fizemos. Fazer a diferença!